Prédio no Rio de Janeiro poderá vender energia

Localizado na Avenida Rio Branco, uma das principais vias comerciais da capital fluminense, o projeto da empresa francesa Natekko, prevê que o projeto seja o primeiro prédio comercial com o conceito de “energia positiva”. Ou seja, o edifício produzirá mais energia do que o seu consumo e, dessa forma, poderá vender essa sobra de volta as distribuidoras. O empreendimento será também o primeiro a utilizar células de hidrogênio para produção de energia elétrica a partir do gás natural encanado.

O projeto foi todo montado pensando na eficiência e sustentabilidade, utilizando vidros duplos em ziguezague, ar condicionados baseados em ligas frias, o que proporciona um melhor resfriamento do ambiente, o prédio também contará com uma grande quantidade de painéis solares em sua fachada, o que proporcionará a produção energética necessária para manter o prédio com 100% de autonomia das redes elétricas externas.

A empresa francesa espera conseguir reduzir a carga tributária do empreendimento em até 50%, possibilitando agregar novos serviços ao seu produto e oferecer mais diferenciais aos seus consumidores, como estacionamento e recepção bilíngue.

O investimento desse projeto está na casa de R$ 50 milhões e a previsão de retorno passa dos R$ 70 milhões. O escritório de arquitetura Tryptyque e construtora RCCompacta serão parceiros no empreendimento.

 

Fonte: http://triptyqueblog.blogspot.com.br/

Voltar ao topo