Aperfeiçoando a Minha Loja – Aumente sua lucratividade colocando em práticas dicas de Merchandising

capaminhaloja

A Plastilit sabe os segredos de venda das grandes lojas. Por isso criou este espaço para compartilhar estes segredos com representantes e clientes da marca Plastilit

Um dos temas mais importantes para toda loja de sucesso é o Merchandising no ponto de venda. Merchandising é uma ferramenta de Marketing, formada pelo conjunto de técnicas responsáveis pela informação e apresentação destacada dos produtos no ponto de venda. De acordo com dados divulgados pela OgilvyAction, 70% da compra é decidida no ponto de venda. E por isso o merchandising é importante para o lojista, pois com uma loja atrativa e bem montada o revendedor chamará mais atenção do cliente sendo possível efetivar mais vendas e aumentar sua lucratividade.

Siga as Dicas e comece hoje mesmo!

1º Mantenha as gôndolas e produtos limpos e organizados:

Loja suja ou mal organizada passa uma péssima impressão ao consumidor. A aparência da loja é reflexo dos produtos e serviços que a empresa pode oferecer para seus clientes, e está associada com a experiência de marca. Quando o ambiente é desfavorável o cliente muitas vezes não sentirá confiança e credibilidade na loja. A primeira impressão é a que fica então se atenha aos detalhes!

2º Identifique e precifique todos os produtos corretamente:

Produto sem preço dificulta a venda. Além de ser obrigatório por lei a precificação de todos os itens de sua loja, esta prática facilita a vida do consumidor. A grande maioria dos clientes não pergunta ao vendedor e podem se sentir intimidados pela falta de preço. Não perca oportunidades de venda! A dica é personalizar seu material de precificação, colocando imagem do produto e a identidade visual da loja.

3º Respeite o agrupamento de produtos por família (setorização):

Trata-se basicamente de “conectar” produtos que possam ser relacionados na loja, assim sendo, metais sempre próximo de produtos para hidráulica, ferramentas sempre próximas a pequenas máquinas e etc. Siga a ordem lógica para organizar os produtos no ponto de venda. Isto facilita o processo de compra do consumidor, aproveite e desenvolva promoções de compra casada de itens na sua loja, ex: Compre um sanitário e com mais X reais leve o assento.

4º Exponha os produtos de forma vendedora: 

 

Todos os produtos devem “se vender” ao consumidor através de boa exposição. A valorização do produto, a embalagem e o expositor podem chamar tanta atenção quanto o próprio produto. Tente imaginar as dúvidas de um consumidor leigo na exposição e do produto simplifique o processo de compra.

5º Valorize os produtos em promoção utilizando elementos promocionais:

Explore na loja o uso de banners, faixas, stoppers e cartazes promocionais. Faça uso das cores a seu favor: use vermelho, amarelo, laranja – cores quentes como estas aumentam a atenção do consumidor e estimulam a compra. Mas cuidado, utilize estas cores em banners, faixas, rodapés, nunca em áreas muito grandes, senão o efeito pode ser contrário e poderá irritar e agitar o cliente fazendo com que ele saia rápido da loja.

6º Mantenha em ordem a comunicação visual do ponto de venda:

Mesmo se for uma pequena loja de materiais para construção, desde o inicio deve-se trabalhar fortemente a identidade da empresa. Busque padronizar sua precificação, seus materiais promocionais e layouts de loja. Comunique-se sempre de forma integrada, ou seja, em todos os canais em que sua empresa estiver presente tente falar a mesma língua. Divulgue a marca até em pequenos detalhes e não esqueça: Marca que não é vista não é lembrada!

7º Mantenha a gôndola sempre abastecida:

Uma loja com poucos produtos na gôndola pode passar a impressão negativa ao consumidor. Volume é importante, principalmente se tratamos de consumidores de perfil popular. Em casas de materiais de construção, administre os estoques e cuide da reposição dos materiais. Atenção para os itens de maior rotatividade! Mantenha estes produtos de maior saída com estoque em loja para que não falte na gôndola.

8º Fique atento aos principais pontos da gôndola:

As prateleiras de melhor visualização são as que se encontram entre a cintura e os olhos dos clientes (1,60 m, sendo que o ponto de pega do produto deve estar entre 1,20 e 1,60 m), em segundo lugar as que ficam acima dos olhos (no máximo 2 metros de altura), as de menor visualização são as que se encontram abaixo da cintura. Use esta informação para destacar  produtos de maior valor agregado ou aqueles produtos que você deseja ter maior rotatividade na loja.

 9º Dê seu melhor atendimento:

O atendimento não faz parte do tema Merchandising, porém é fundamental para o sucesso de qualquer ação. Atendimento de qualidade é a regra principal para qualquer varejo de sucesso, e para a longevidade deste. Invista em treinamentos e tente evitar a rotatividade de funcionários que fazem parte da “linha de frente” com o consumidor, muitas vezes o consumidor é fidelizado pelo bom atendimento e isto inclui o vendedor.

Outras dicas: Se a empresa disponibiliza um e-mail para contato, cuide para que este seja lido  respondido todos os dias e provavelmente é o que seu cliente espera. Se há número para contato na loja, certifique-se de que haverá sempre um funcionário para atender as ligações. Tente prometer à seus cliente somente aquilo que você tem a certeza que poderá atender. A forma mais fácil de fidelizar um cliente é fazer o “algo a mais”, deste modo atenda não somente a necessidade de seu cliente, mas supere a sua expectativa!

Bons negócios!

10 comentários até agora.

  1. ANDERSON DE PAULA RS Disse:

    ÓLA ESTE TRABALHO APRESENTADO PELA NOSSA EMPRESA E MUITO INTERESSANTE.

    ACHO QUE CADA VEZ MAIS NOSSO CLIENTE ACREDITA NESTA MARCA PORQUE TRAZ UM PRODUTO DE PONTA E COM RENTABILIDADE NA HORA DA VENDA.

    CADA VEZ MAIS ACREDITO QUE VALE A PENA SER REPRESENTANTE DESTA GRANDE EMPRESA PLASTILIT.

    OBRIGADO PLASTILIT POR PERMITIR SER SEU REPRESENTANTE.

    UM ABRAÇO.

    ANDERSON VALE DO SINOS (REGIÃO DE PORTO ALEGRE – RIO GRANDE DO SUL)

  2. aldineia Disse:

    gostaria de ter uma loja so com prrodutos plastilit quanto vol gastar…..

  3. elisete Disse:

    gostei muito da loja !

  4. Walmor Nied Disse:

    Além de lojista, faço consultoria de leiaute e merchandising em lojas de material para construção.
    É difícil encontrar um fornecedor preocupado com o PDV dos clientes.
    Bons PDV’s significa clientes de qualidade e fidelizados.
    Parabéns pela iniciativa e espero que alcancem o sucesso desejado.

  5. Pedro Disse:

    Olá Walmor, ficamos contentes pelo seu comentário, o responsável pelas grandes Contas, Antônio, irá entrar em contato para enviar materiais que temos a disposição de merchandising.

  6. GERALDO NASCIMENTO Disse:

    Estamos abrindo uma loja de materiais de contrução de gostaria de dicas para estocagem.

  7. Conexão Plastilit Disse:

    Olá Geraldo,

    Já enviamos as dicas para o seu e-mail.
    Muito obrigado pelo contato.

  8. Emanuelly Lima Disse:

    Ola,
    Gostaria de dicas de como organizar bem o estoque, e controlar.
    Tambem dicas de como posso motivar vendendores .

    grata,

    Emanuelly Lima

  9. Conexão Plastilit Disse:

    Olá Emanuuelly,

    Ao organizar o seu estoque o ideal é sempre manter produtos similares próximos, de forma que a busca pelo itens fique facilitado.
    É importante também avaliar quais produtos tem maior saída e necessitam de reposição com maior frequência e mante-los nos locais de melhor acesso dentro do seu estoque.
    Para controle deste estoque nós sugerimos que procure um software de gestão adequado para o seu modelo de negócio. Caso não haja a possibilidade de contratar uma ferramenta do tipo, você pode fazer este controle através de planilha, o que dará mais trabalho.
    Lembre-se que o controle manual (planilha) aumenta a possibilidade de furos e erros.

    Quanto à motivação dos vendedores, é preciso entender que toda motivação é interna. O que você pode fazer é proporcionar que esta motivação aflore. A empresa (passando pela gestão) deve ser um acelerador para esta motivação. Além disso, é preciso entender o que os seus vendedores querem e/ou precisam. Se eles estão desmotivados, procure entender o porquê. Nem sempre o que motiva as pessoas é dinheiro. As vezes reconhecimento ou a possibilidade de participar de outras funções ou projetos mais desafiadores já pode ser um grande fator de motivação.
    Em caso de incetivos financeiros, o pagamento de comissões e estabelecimento de metas (desde que atingíveis) é muito utilizado e tem dado certo. É importante lembrar que as metas devem ser possíveis. Uma meta muito além das possibilidades do colaborador ou mesmo da empresa irá desmotivar o vendedor.

    Esperamos ter ajudado.

    Equipe de marketing Plastilit.

  10. Marcus Vinicius Disse:

    Muito boa a matéria. Acredito que todos buscam esse tipo de padronização para seu empreendimento. Parabéns, plastilit!

Voltar ao topo